Minha saga aos EUA para conhecer o David Tennant!

Estou de férias no trabalho e há alguns meses resolvi que iria passar meus dias de folga nos Estados Unidos por um motivo muito especial: conhecer o ator britânico David Tennant, que deu vida ao 10º Doctor da série Doctor Who – além de fazer o vilão Kilgrave em Jessica Jones, dentre outros papéis.

Quando o Tennant veio ao Brasil, na Comic Con Experience do ano passado, eu não estava aqui no país, tinha ido viajar com o meu namorado. Eu fiquei super mal pelo fato do meu Doctor preferido vir para cá e eu não estar, mas foi um fiasco, pelo que eu soube. Conheço muitos fãs de Doctor Who, mas só duas conhecidas minhas conseguiram foto com ele, o painel que era para durar quase uma hora durou apenas 15 minutos, enfim, foi uma decepção para quem gosta e acompanha o trabalho dele, então eu não perdi muita coisa.

Mas eu decidi que nas minhas férias, em abril, viajaria aos Estados Unidos para conhecê-lo na Wizard World, um evento como a Comic Con. Ele estaria na cidade de Madison, em Wisconsin, dos dias 9 e 10 de abril e junto com a minha companion preferida da New Who, a atriz Billie Piper, que encarnava a Rose Tyler na série. Fiquei super feliz com essa notícia e adquiri um pacote VIP, que dava acesso ao evento, além de entrada nos paineis dos atores, uma foto com ambos e autógrafos.

David Tennant - Ansiedade Monstra 1

Continue lendo

Netflix do dia: Little Witch Academia

O primeiro post novo do ano só em fevereiro? Sim! Desculpem a ausência, mas estou trabalhando pra dar uma renovada no blog (layout novo vem aí em breve! :D ) e para ter uma frequência de atualização dos posts.

Mas ontem o Netflix (❤) me indicou um anime que me deixou super empolgada e quis vir aqui compartilhar com vocês. Não sou a maior fã de desenhos japoneses, gosto de alguns, mas não sou otaku assim.

O anime em questão se chama Little Witch Academia (2013) e é super fofo, girl power e, para quem é fã de Harry Potter, é mais do que indicado!

photo-original

Continue lendo

A magia do Natal e suas belezas

Novembro chegou, o Halloween já passou e agora só se fala na época mais icônica e mágica do ano: o Natal.

Eu sempre quis vivenciar um Natal como o que sempre vi nos filmes norteamericanos: com muita neve, pisca-piscas, ruas enfeitadas, grandes pinheiros decorados, meias na chaminé, suéteres divertidos e coloridos – um dos maiores símbolos dessa data. Sejam feitos em casa ou comprados, os suéteres sempre dão um charme especial ao Natal, com seus desenhos exagerados e até mesmo um pouco cafonas, mas que dão o tom dessa época tão gostosa, familiar e importante.

Suéter Natal - Ansiedade Monstra

Suéter Natal 1- Ansiedade Monstra

Independente da religião, o Natal traz com ele a magia e a vontade de estarmos perto de quem amamos, a vontade de ajudar os outros – que pode e deve se estender aos outros dias do ano – e aquele gostinho da infância que fica perdido em nós ao crescermos, mas que nunca deveria deixar de existir. Afinal, existe algo mais mágico que um senhor que fabrica brinquedos com ajuda de seus duendes, que voa em seu trenó puxado por renas voadoras o mundo inteiro em apenas uma noite para entregar presentes a todas as crianças da Terra?

Há três anos, fui à Santa Claus Village, na Finlândia, onde fica a residência oficial do Papai Noel. Posso dizer com certeza: me senti em um outro universo. Foi encantador conhecer ao “bom velhinho” original, andar por aquele local cheio de neve em que se é Natal 365 dias por ano.

Natal - Ansiedade Monstra 2

O Natal tem esse poder de nos fazer acreditar, de nos inspirar.

Então, esse ano, vista sua roupa de Natal mais brega (aqui tem algumas opções maravilhosas, da MaryJaneFashion.com), abrace as pessoas que você ama, faça algo de bom para alguém (animais também precisam de ajuda) e deixe a magia dessa data guiar seu coração. Não tenha medo de parecer démodé, deixe a criança que existe em você se levar pela beleza da fraternidade desse período. Repense sua vida. Mude para melhor. Ame mais.

Que a magia do Natal esteja sempre com você.

Natal - Ansiedade Monstra 1

Esse publipost foi escrito a pedido da loja britânica MaryJaneFashion.com, localizada em Manchester, e que entrega suas peças – incluindo suéteres e vestidos de Natal – em todo o mundo.

Não adianta espernear: tem mulher e negro em Star Wars!

Quando eu vejo um grupo de homens adultos sugerirem um boicote ao sétimo filme da franquia Star Wars porque ele é protagonizado por uma mulher e um negro, eu tenho certeza que essas pessoas não entenderam nada da mensagem da saga.

Star Wars mostra a luta contra a opressão e o quanto ela pode afetar toda a galáxia. No entanto, opressão não se dá apenas por um governo militarista e ditador: ela também acontece quando uma raça ou gênero quer se sobrepor a outras.

O que esses caras estão fazendo é simplesmente oprimir. É um mimimi por medo de perder o seu espaço privilegiado no mundo. Sim, privilegiado. Se você é homem branco, cisgênero, heterossexual, saiba reconhecer os privilégios da sua vida. “Ah, mas eu sou pobre, tive de trabalhar para estudar e ajudar em casa”. Ainda assim, você é privilegiado.

Responda a essas perguntas e veja só como você tem um espaço ao sol na vida:

Conseguiu perceber?

Me diga: quantos filmes de ficção científica e aventura são protagonizados por mulheres. E por mulheres negras? E por homens negros?

Agora me responda: quantas vezes você se viu representado na TV por aquele cara branco, corajoso, “pegador”? Sabe, nós mulheres não nos vemos representadas na TV ou no cinema. Somos sempre a acompanhante, a “mulher por trás do homem”, o “enfeite” – mas dificilmente somos as protagonistas.

Será que você não consegue enxergar que nós também vivemos no mundo, que também existimos e precisamos ser representadas na TV?

Star Wars Ansiedade Monstra 2

Quando eu era criança, adorava Power Rangers: isso porque, dos cinco, duas eram mulheres. Eu podia ser a Kimberly ou a Trini. Eu podia comprar bonecas delas. Eu me sentia representada, sabia que também podia ser forte, que também podia ser uma super-heroína.

power rangers ansiedade monstra

Você, homem branco, já é extremamente representado na cultura pop. Você pode ser quem quiser, sua vida é um mar de rosas.

Eu imagino, deve ser difícil abrir mão da superioridade histórica que você tem. Nós não queremos tomar seu lugar, só queremos mostrar que também estamos aqui e que nós, mulheres e negrxs, somos IGUAIS a você. Iguaizinhos. Por isso, também merecemos respeito, também merecemos ser mostrados como somos. Temos voz, temos força tanto quanto você.

E se você não nos aceitar, nós te faremos nos engolir. Nós também consumimos cultura pop, nós também somos nerds e entendemos de HQs, games, filmes, séries e RPGs tanto quanto vocês.

Pode chorar, pode espernear, porque a maior franquia de ficção científica da galáxia também terá mulheres e negrxs – e lutando contra a opressão.

E que mais meninas e meninos negros sejam as Reys e os Finns por aí. ♥

Look da Karina: Alice in Wonderland! ♥

Com quase três anos de blog, eu só postei look uma vez. Tenho um pouco de vergonha de posar para fotos para mostrar as roupas que uso, e muitas vezes elas são básicas demais quando vou trabalhar e acabo achando desnecessauro desnecessário postar.

Mas, hoje eu vim trabalhar toda na pegada Alice in Wonderland, e quis compartilhar com vocês. ♥

Olha só:

12077467_10208339030221580_165176618_n

Continue lendo

Um vício chamado Pokémon Shuffle!

Dificilmente eu fico vidrada em joguinhos para celular, mas recentemente descobri um vício chamado Pokémon Shuffle. É sério: se você não baixou ainda, mesmo vendo todo mundo falar sobre o game, baixe agora. A não ser que ainda preze por sua vida social… hahaha! :D

Ansiedade Monstra - Pokémon Shuffle 1

Ele funciona meio que como o Candy Crush, mas com Pokémons, é claro. E o mais legal: você precisa saber usar os elementos de cada Pokémon contra o adversário. Por exemplo, se você precisa lutar contra um Pokémon de Fogo, os de Água são os mais indicados, é óbvio. ;)

Continue lendo

Assisti à saga Harry Potter – finalmente!

Demorou, mas aconteceu – não, não estou me referindo a post novo no blog, apesar disso também ter demorado e estar acontecendo agora. Gostaria de informar ao mundo que eu assisti aos filmes da saga Harry Potter. Sim, aos 27 anos, após ter passado toda a infância, adolescência e boa parte da vida adulta evitando as histórias de J.K. Rowling, finalmente me rendi.

Não me perguntem por que eu nunca havia assistido. Na verdade, era um misto de birra dos fãs dos livros / filmes – pois quando eu era mais nova os achava muito fanáticos e chatos (quem diria, anos depois eu sou uma fã assim de Doctor Who, por exemplo) -, com puro desinteresse. Na real, eu sempre soube que eu gostaria da história, pois amo fantasia e aventura, e Harry Potter é tudo isso. Não sei, eu simplesmente não queria dar o braço a torcer.

Mas, há pouco mais de um mês, resolvi assistir aos filmes com o meu namorado – que por incrível que pareça também nunca tinha visto – e combinamos que iríamos ver juntos todos os finais de semana.

A verdade é a seguinte: eu me apaixonei logo em “A Pedra Filosofal”. Que história fofa, tocante.

12067205_10208253877412813_1166624955_n

Continue lendo

Lembrete para o auto-amor! ♥

Ontem, conversando com uma colega, estava me depreciando (para variar). Dizia que estava gorda, que precisava perder mais uns 10 quilos para me sentir melhor comigo. Então, ela falou: “Você não precisa. Se você tivesse noção do quanto você está bem…”.

Fiquei pensando nisso e na forma como eu me vejo. Eu não me vejo bem. Eu não me sinto bem. Mesmo tendo emagrecido alguns quilos nos últimos meses, ainda acredito que preciso emagrecer mais. Mas, será que quando (se é que isso vai acontecer) eu perder mais peso, vou milagrosamente me sentir bem? A minha memória e experiência dizem que isso nunca aconteceu, nem mesmo quando eu era magra.
Sempre tem algo que incomoda. Hoje estou bem mais perto dos 30 que dos 20. As rugas começaram a aparecer, as marcas de expressão, a pele está ficando mais flácida, nada – nunca! – está bom.

Mas será mesmo que não está bom? O que é bom? Quem disse que ser assim ou assado é bom? Por que seguimos nessa busca pela perfeição que nunca vai existir? Padrões irreais de beleza, capas de revista cheias de Photoshop, barriga chapada, barriga negativa… por que isso importa? Por que nos preocupamos tanto com a aparência?

Eu não me sinto bonita. Às vezes, até saio de casa me sentindo até bem, mas daí me deparo com alguém mais “perfeita” que eu e volto para aquela zona horrível da depreciação, passando a me sentir um lixo. Por que me comparar?
Eu não sou um lixo. Eu tenho diversas qualidades, apesar de nunca pensar nelas. Fisicamente, tenho grandes e bonitos olhos castanhos claros, minha pele é super boa, mesmo com quase zero de cuidados, minhas unhas são longas e lindas, minha boca é pequena e delicada…

A minha personalidade é forte, mas sou uma pessoa bondosa e justa, nunca vou me acostumar a ver pessoas e animais sofrendo, tento acabar com os meus preconceitos dia após dia, sou uma boa amiga, sou engraçada, inteligente… poxa! Eu tenho ótimas qualidades! Por que me sentir pior que as outras pessoas? Não somos iguais e não teria graça nenhuma se fôssemos.

É uma luta diária, mas tenho tentado me sentir bem comigo. Mas, para isso, preciso aprender a parar de me depreciar, me amar e aceitar elogios que ouço.
Quantas vezes eu não ouvi um elogio e remendei com um sorriso sarcástico ou falando mal de mim mesma?
Se algumas pessoas conseguem ver beleza em mim, eu também tenho de conseguir.

Por isso, pare de se auto-boicotar. Você também tem qualidades, só basta olhar para elas, ao invés de focar nos defeitos. Assim, aceitando-os e aprendendo a conviver com eles, você erradiará ainda mais beleza.

Espero que você se veja linda e maravilhosa como você é. ♥

rupaul-love-yourself

Lexus afirma ter criado um skate voador. Será?

Há 26 anos, um objeto de filme virou sonho de consumo de geeks por todo o mundo: o skate voador de Marty McFly, de “De Volta Para o Futuro II”. O hoverboard, como é mais conhecido, é um skate sem rodas e que flutua sobre o chão.

Muitas empresas já tentaram recriar o objeto, como a Hendo Hover, que no ano passado chamou a lenda Tony Hawk para estrear o seu skate voador.

No entanto, agora a empresa automotiva Lexus divulgou um teaser que deixou muita gente cheia de esperanças: o Slide.

Continue lendo

Página 1 de 1512345...10...Last »